MENU
marchionne

15 de dezembro de 2015 - 13:06F1

Entra presidente, sai presidente…

SÃO PAULO | …e a Ferrari continua ameaçando sair da F1. Ah, que surpresa. Sergio Marchionne pegou a velha fita de Luca di Montezemolo e botou para rodar lá em Maranello.

A nova ameaça diz respeito à criação de um motor paralelo.

“A Ferrari encontraria outras formas de expressar sua capacidade para competir e para vencer. Seria uma grande pena [ver a equipe fora da F1], mas a Ferrari não pode ser posta de joelhos e não falar nada”

Não vão sair, duvido que saiam. Se nem o blefe da Red Bull neste ano eu comprei, imaginem que vou comprar o da Ferrari. Mas que é bom sempre dar ouvidos aos italianos, é.

Fora isso, Marchionne também falou algo bem interessante sobre Sebastian Vettel e Fernando Alonso, e como o alemão vem se esforçando a cada dia para conquistar os funcionários do time.

“Vettel é fantástico. Sábado passado aqui em Maranello, ele fez um discurso diante de 1.200 pessoas, todo em italiano. Foi incrível. Em apenas um ano, posso dizer que ele se tornou mais ferrarista do que Alonso em cinco”

Vettel está tentando fazer o que Michael Schumacher — talvez até mais — para ganhar o coração dos tifosi. Só os resultados vão colocá-lo na mesma condição do ídolo, mas que ele está fazendo tudo direito, está.

1 comentário

  1. Marcelo Witt disse:

    Existe um ditado que diz que “cão que ladra não morde”. Claro que há exceções, mas na F1 a gente vê muita ameaça de sair, e pouca saída destes. Quem sai, simplesmente anuncia que está saindo e pronto. Não fica de ameaça barata.

    Ao mesmo tempo, como justificar que a Ferrari teria outras opções para ser visível, ao mesmo tempo em que a mesma pessoa afirma que a Alfa Romeo pode voltar à F1 para aumentar sua visibilidade mundial? Contraditório, não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>